Escolha uma Página

Existe uma infinidade de ditos populares acerca do plantio como, por exemplo ” O plantio é livre, mas a colheita é obrigatória” ou “Quem semeia ventos colhe tempestades” dentre tantos outros que ouvimos por aí. Eu sou fã dos ditos populares, primeiro porque são forjados na simplicidade e, segundo porque a sabedoria popular quase sempre é infalível!

O que colhemos hoje é fruto do que plantamos no passado, seja no campo profissional, pessoal ou espiritual. Tudo o que estamos vivenciando neste momento é fruto das sementes que nós mesmos escolhemos plantar algum dia, por isso não adianta culpar os outros quando nós somos os responsáveis pela circunstância em que nos encontramos. Culpabilizar outras pessoas pelos nossos fracassos, muito embora, seja o caminho mais fácil, não é o caminho correto.

Não se lastime, nem se faça de vítima. Ao invés de culpar outra pessoa que tal mudar o foco? Seja um agricultor melhor daqui pra frente: limpe seu terreno, fertilize o solo e selecione suas sementes. Dentre elas, apanhe um punhado de sementes de gratidão e a pratique todos os dias. Seja grato pelo sol e pela chuva. Seja grato pelo dia e pela noite. Seja grato por cada semente que germinar e, também por aquelas que não brotaram; simplesmente aceite, pois não era pra ser.

E não esqueça de colocar muito amor em cada nova sementinha. Às vezes é muito difícil e complicado, porque estamos feridos, tristes, com os corações feridos e acreditamos que não temos mais de onde tirar amor, nem motivo para ser grato. Se este for o seu caso, não desanime! Insista e verá que sempre restou um pouquinho lá no fundo onde ninguém pode tocar.

Sei que virá ao seu encontro algum pessimista de plantão que irá tentar incutir no seu ser desânimo e desamor. Seja generoso com ele que também está colhendo o que plantou em algum momento da sua triste existência. Invariavelmente virá um ou outro dizer que a vida não presta, que o ser humano é horrível. E para ele pode realmente ser. É tudo uma questão de ponto de vista , de escolha e também de semeadura!

%d blogueiros gostam disto: