Escolha uma Página

Há cerca de vinte anos um Petit Lenormand parou nas minhas mãos pela primeira vez e, curiosa que sou, comecei a estudar cada uma daquelas lâminas e, desde então, nunca mais parei. Quanto mais o tempo passa, mais vejo a necessidade de debruçar sobre mim mesma, a fim de entender melhor o outro, através do estudo incansável das 36 cartas que o compõem. São quase duas décadas de uma história de amor e de muita dedicação e, confesso que não percorri um terço do caminho, pois quanto mais se estuda o Lenormand, descobre-se que muito mais se tem a aprender. E não estou falando na interpretação da Mesa real, pois foi-se o tempo em que o Tarot servia tão somente para falar sobre o passado, fazer um panorama acerca do presente e prever o futuro do consulente…

Sim meu caro ou minha cara, sinto em lhe informar que o Tarot não serve apenas como ferramenta divinatória e, muito embora, muitos preconceituosos de plantão ainda vejam os tarólogos como bruxos, nosso papel, na verdade, está muito mais para terapeutas. Sim, meu amor, independente do aspecto místico que se formou em torno do assunto, o Tarot hoje é muito usado para se conhecer os aspectos mais profundos do subconsciente e não se trata de bruxaria, nem de nada ligado ao sobrenatural ou às religiões ou seitas: se trata de uma leitura aprofundada do aspecto mais íntimo do ser humano. O Tarot é uma excelente ferramenta terapêutica sim e Carl Jung foi o primeiro cientista ocidental a usá-lo como ferramenta clínica. Segundo o mesmo, o Tarot possibilita o contato com os conteúdos do inconsciente através dos arquétipos.

Se você, como eu é um amante do Lenormand, bem vindo ao clube; se como muitos, nunca ouviu falar, vale a pena pesquisar um pouco a respeito, nem que seja a título de curiosidade, apenas para ter um assunto a mais para conversar além desse maldito vírus. E, ainda, se o conhece e acredita que iremos arder no mármore do inferno por fazermos previsões sobre o futuro, saiba que você precisa urgentemente rever seus conceitos antes que seja engolido por eles.

%d blogueiros gostam disto: