Escolha uma Página

Olá pessoas lindas do meu coração! Viver é tão lindo, tão simples e tão genuíno que não consigo entender como o ser humano faz questão de querer complicar tanto. Honestamente. Esta semana uma juíza baiana, Dra Mariana Teixeira, fez uma brincadeira em um grupo de trabalho e o vídeo maldosamente se espalhou pela internet e o que seria tão somente uma brincadeira descontraída entre colegas de trabalho acabou por se tornar uma polêmica desnecessária nas redes sociais. No meu grupo de trabalho mesmo, houve quem falasse horrores da magistrada, como se ela tivesse secado louça com o Santo Sudário. Meu Deus como o mundo se tornou um lugar chato de se viver! Quem dera que existissem juízes tão descontraídos e leves como a Dra demonstrou ser no vídeo; garanto que o judiciário seria um lugar muito melhor de se trabalhar! Eu mesma já presenciei um juiz humilhando o servidor, tratando o técnico judiciário como se fosse cachorro e, infelizmente são muitos os que agem assim.

Tanta polêmica acerca de algo trivial só tem uma única explicação: pessoas infelizes não suportam felicidade alheia, não suportam alegria, muito menos descontração. Elas não toleram pessoas felizes, simplesmente porque pessoas felizes as incomodam. Então elas vão para as redes sociais destilar seu veneno, escolher um bode expiatório para linchar e ser a bola da vez. E a bola da vez é a Dra Mariana Teixeira. Se vivêssemos na década de 80 ou 90 tudo isso não teria nenhuma repercussão, primeiro porque não tínhamos acesso às redes, segundo porque éramos mais felizes e menos “politicamente correto”, de modo que a vida e as pessoas eram muito mais leves. Hoje temos uma multidão de chatos e deprimidos que insistem em tornar um mundo um lugar muito mais difícil de se viver.

Precisamos rever nossos conceitos antes que sejamos todos engolidos por eles, antes que os chatos de plantão destruam nosso planeta! Vamos nos afastar destes falatórios desnecessários que em nada nos acrescentam e vamos beijar mais, amar mais, passear mais, orar mais e até mesmo tomar uma cervejinha ou uma taça de vinho com os amigos. Não bebe? Convida os amigos para tomar um café, um chá… sei lá! Vá ler um livro! Seja feliz e permita que o outro também seja. A felicidade é um direito de todos, meu, seu, da Dra Mariana Teixeira e de todo e qualquer ser humano habitante deste lindo planeta azul!

Lembre-se que gente feliz vive, dá risada, ama, gosta é de de bem-querença e de bem querer! Gente feliz beija na boca, produz e está sempre envolvida com novos projetos e, por isso mesmo, não tem tempo de invejar ou querer o mal de ninguém, pelo contrário, gente feliz se alegra com a felicidade do outro! Gente feliz é grato pelo que tem!

Namastê!

%d blogueiros gostam disto: